João Paulo II realizou mais de mil cirurgias em cinco meses em Porto Velho

Avalie essa página

As cirurgias de emergências que envolvem ferimentos por arma de fogo, arma branca e principalmente os poli traumatizados, vítimas da violência do trânsito, tem sido um dos fatores que tem contribuído para o aumento de cirurgias realizadas no Pronto Socorro João Paulo-II. De janeiro a maio desse ano já foram realizados 1.325 procedimentos cirúrgicos de média e alta complexidade em oito especialidades.





Os dados revelam um aumento significativo no número de cirurgias ortopédicas, correspondendo a 55% dos procedimentos realizados.
De acordo com o diretor geral, Carlos Alberto Caieiro, além das cirurgias ortopédicas de emergências que são realizadas em caso de fratura exposta, por exemplo, o JP II ainda realiza uma média de seis cirurgias eletivas diariamente, totalizando 120 ao mês.

“Graças a mais uma sala de cirurgia que foi recentemente aberta pelo Governo da Cooperação, totalizando quatro ao todo, foi possível viabilizar esses procedimentos”, disse Caieiro, explicando que a sala conta com equipamentos especializados, necessário para a realização dos procedimentos.

Caieiro destaca ainda, outras especialidades que tem contribuído para o expressivo aumento das cirurgias, entre as quais as Cirurgias Vascular com 105 procedimentos, quatro de Urologia, uma de Oftalmologia, 94 Neurocirurgias, seis Cirurgias Plásticas, 367 Cirurgias Gerais e 15 procedimentos Bucomaxilo.

Fonte: Rondoniagora





Deixe seu comentário