Porto Velho promove mobilização alusiva ao Dia Mundial de Combate as DST’s

Avalie essa página

A Coordenação Municipal de Doenças Sexualmente Transmissíveis da Secretaria Municipal de Saúde tem realizado ações de prevenção, diagnóstico e tratamento com o propósito de sensibilizar a população à cerca dos riscos que essas doenças trazem.

Durante o mês de outubro a Coordenação DST/AIDS esteve focada em ações de conscientização quanto à Sífilis, com foco especial nas gestantes, que podem contrair a sífilis congênita, uma doença que prejudica tanto a mãe quanto o seu bebê. Além disso, mais de 60 profissionais da saúde do município receberam treinamento para realizarem testes rápidos que detectam as DST’s, sendo preparados também para orientar os pacientes devidamente com atendimento humanizado.





Outras ações como montagem de stands informativos, distribuição de preservativos e orientações gerais à população aconteceram nas ultimas semanas em parcerias com instituições como o Sesi e a Polícia Militar. A Divisão de Imunização da Semusa também integrou as ações oferecendo vacinação ao público que compareceu durante as atividades.

A chefe da Coordenação de DST/AIDS, Aldeane Monteiro, alerta a população no sentido de incentivar a realização dos testes rápidos que detectam a AIDS, Sífilis e Hepatites B e C. “Qualquer pessoa maior de idade pode dirigir-se as unidades de saúde do município para efetuar os testes. Eles duram em média 30 minutos e com o diagnóstico rápido o usuário recebe as orientações necessárias e já é encaminhado para atendimento especializado em caso de resultado positivo”, alertou a coordenadora.

A partir do dia 15 de novembro começarão os trabalhos de conscientização sobre a AIDS, que tem seu Dia Mundial de Combate em 1º de dezembro. Contudo, a melhor arma  contra a doença é a prevenção que se dá por meio do uso de preservativos, que encontram-se em todas as unidades da rede municipal de saúde.





Deixe seu comentário