Encontro discute políticas agrícolas para Porto Velho

Avalie essa página

Representantes de organismos federais, estaduais e municipais voltados para o segmento agropecuário se reuniram ontem (7), para traçar diretrizes de promoção ao desenvolvimento da agricultura no município de Porto Velho. A proposta era discutir ações capazes de dar maior velocidade aos projetos da região. Ao final do evento na cidade de Porto Velho foram levantadas as propostas de trabalho para o fortalecimento da política agrícola local.

A união entre o governo do Estado e o município de Porto Velho é uma iniciativa que conta com o empenho do governador Confúcio Moura, que vê na cooperação um dos caminhos para as grandes conquistas. Para o secretario executivo da Emater, Luis Gomes Furtado, este é o momento certo de organizar e firmar parcerias para planejar a política do município a fim de fazer de Porto Velho um modelo de agricultura, desenvolvendo e melhorando a qualidade de vida dos ribeirinhos, das famílias rurais. “E nós vamos trabalhar fortemente para isso”, enfatiza.





O encontro reuniu representantes das secretarias de Agricultura do Estado (Seagri) e do município (Semagric), Embrapa, Emater, Ceplac, Sociedade de Porto e Hidrovias do Estado de Rondônia (SOPH) e Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) no intuito de reunir o maior número de organismos voltados para o desenvolvimento agropecuário do Estado. Mas para o deputado federal Carlos Magno, o grupo deve também chamar para a discussão representantes do Incra e do Terra Legal, “porque o estado sozinho não consegue dar conta”, diz. O deputado salienta ainda que “é preciso deixar de ser paizão e trazer o produtor à responsabilidade”. Para ele a sociedade precisa entender que todos têm deveres e que todos precisam fazer a sua parte para que a coisa funcione.

A abertura do encontro contou ainda com as presenças do secretário da Semagric, Leonel Bertolin; chefe geral da Embrapa, Cezar Augusto Teixeira; superintendente da Ceplac, Wilson Destro; gerente de desenvolvimento pecuário da Seagri, Luiza de Marilac; secretário adjunto da Emater, Francisco Mende Sá; e presidente da STTR, também representando a Fetagro, Luiz Pires. Na continuidade dos trabalhos cada órgão ficou de apresentar seus projetos executados em Porto Velho, ficando para o final um levantamento das propostas de trabalho para o desenvolvimento da política agrícola local.

Fonte: Rondonotícias





Deixe seu comentário