Encontro estadual dos atingidos por barragens acontece em Porto Velho

Avalie essa página

Ontem, representantes de bases da Movimentos dos Atingidos por Barragem (MAB) se reuniram em Porto Velho para um encontro estadual, a fim de analisar a luta dos atingidas em todo o país e discutir uma Política Nacional dos Direitos para as Populações Atingidas por Barragem. A reunião é uma preparação dos representantes para o encontro nacional, que acontece em junho no estado de São Paulo.





De acordo com o coordenador estadual do MAB, João Carlos Dutra, entre as pautas a serem discutidas está o fortalecimento do  projeto energético popular. “Há, por parte do governo federal, políticas de financiamento para geração de energia, mas até hoje não há uma política para os atingidos”, reclama o coordenador do movimento em Rondônia.

Segundo João, não há nenhuma lei que estabeleça normas para a classificação das comunidades atingidas por barragem, sendo os critérios estabelecidos pelas próprias concessionárias responsáveis pelas obras. “Entendemos que é importante discutir essas questões e qualificar nossos coordenadores, pois a luta é a principal forma de alcançarmos nossos direitos”, finaliza Dutra.

O encontro segue até hoje (14), na sede social do Sindicato dos Trabalhadores em Educação na cidade de Porto Velho em Rondônia (Sintero). Representantes do Movimento Sem Terra (MST), Movimentos dos Pequenos Agricultores (MPA), representantes das comunidades atingidas pelas usinas hidrelétricas de Samuel, Santo Antônio e Jirau participam.

Fonte: G1





Deixe seu comentário